Aprosoja/MS contribuirá para que informação sobre seguro rural chegue ao produtor

16/11/2020
Aprosoja/MS contribuirá para que informação sobre seguro rural chegue ao produtor

Em reunião com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Sociedade Nacional da Agricultura (SNA) e outras entidade do setor, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), André Dobashi, colocou a entidade à disposição para contribuir com mais informações aos agricultores sobre o seguro rural, que segundo ele ainda possui questões desconhecidas por parte da classe produtora.

“Temos um percentual de produtores que acabam confundindo seguro rural com seguro de patrimônio, como o de carro. Mas é diferente, falamos aqui de um negócio”, explica Dobashi. “Quando vejo os valores de seguro, próximos a 1,5% ou 2%, a conta fecha muito bem, desde que o produtor tenha a certeza de que ele vai ter pelo menos a produtividade média garantida, com um valor mínimo de rentabilidade. Mas isso precisa ficar de forma mais clara para o produtor, para que não se confunda”, aponta Dobashi.

Segundo o líder da Associação é preciso também comprometimento por parte da produção, e deixar claro que o percentual assegurado é para se manter no negócio, sobre uma produtividade mínima e não para garantir um recorde de produção.

Dobashi disponibilizou a Aprosoja/MS para contribuir na difusão de informação e diminuir o risco de confusão com informações, detalhando o funcionamento do seguro rural. Ele também sugeriu um formato cooperativista ou associativista, para ganhar escala e ferramentas de seguro, que possam garantir maior credibilidade para que está oferecendo o seguro.

O diretor do Departamento de Gestão de Riscos (Deger), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Pedro Loyola, acrescentou informações sobre a importância de se contratar o seguro rural, inclusive em safras recordes, quando, segundo ele, registra-se também recorde de sinistralidade. “Mesmo em ano de safras recordes, no conjunto do complexo de grãos do país, eventos climáticos afetam produtores rurais regionalmente, causando perdas significativas, que muitas vezes podem inviabilizar o negócio”, pontua.

Segundo o representante do Mapa o Programa de Seguro Rural tem por finalidade: promover a universalização do acesso ao seguro, assegurar o papel do seguro rural como instrumento para estabilidade da renda agropecuária, reduzir o custo de aquisição do seguro (prêmio), expandir a área agrícola coberta por seguro no país, aumentar o número de usuários do seguro rural e induzir o uso de tecnologias adequadas e a modernizando a gestão do empreendimento agropecuário.

Diego Silva/Agro Agência


Busque no site

Curta nosso Facebook

Siga-nos no Instagram: @aprosojams

Siga-nos no Twitter: @aprosojams

Aprosoja/MS 2016. Todos os direitos reservados