Investimentos globais podem migrar de ações para commodities

09/10/2017
Investimentos globais podem migrar de ações para commodities

Depois de mais de quatro anos dos recordes, muitos investidores internacionais continuam evitando apostar em commodities, em função da baixa remuneração dos preços. Mais do que isso, o dinheiro desses investidores foram das commodities para as ações. Mas uma consultoria dos Estados Unidos sugere que o que vêm acontecendo nos últimos anos tende a mudar.

De acordo com a consultoria Stewart-Peterson, que é do estado americano de Wisconsin, o milho seria uma das primeiras commodities a apresentar recuperação.

“A cura para os preços baixos são sempre os próprios preços baixos. O que pode colocar os preços para cima? Muitas commodities, como o milho, estão com o preço abaixo do custo de produção. Os usuários finais estão compra o produto com preços de barganha. Quando o mercado de ações chegar a um pico, então os investidores deixarão as ações das empresas para investir em commodities”, diz um texto da consultoria.

A análise da Stewart-Peterson aponta que o mercado passou por 2017 por uma precificação acelerada das ações das empresas americanas em função da percepção de um governo mais amigável aos negócios nos Estados Unidos, mas a alta dessas ações estaria muito perto do fim.

“Se alguém dar uma olhada nos ganhos desse ano sugere um entusiasmo deseanfreado. Em algum ponto, chegaremos ao top. É aquela velha história: ‘compre o rumor, venda o fato’”, sugere a consultoria.

O texto ainda conclui que, na verdade, o que prepara realmente a recuperação dos preços das commodities é a demanda, que tem crescido sistematicamente nos últimos anos.

Fonte: AGROLINK


Busque no site

Curta nosso Facebook

Siga-nos no Instagram: @aprosojams

Siga-nos no Twitter: @aprosojams

Aprosoja/MS 2016. Todos os direitos reservados