Expedição Safra segue o rastro da colheita de 126 milhões de toneladas

Expedição Safra segue o rastro da colheita de 126 milhões de toneladas

A partir do dia 20, a Expedição Safra Gazeta do Povo volta a campo para monitorar a colheita histórica de grãos que o Brasil cultiva desde setembro. A produção brasileira de soja e milho é estimada em 125,89 milhões de toneladas pelo projeto técnico-jornalístico — com expansão de 11% na oleaginosa e recuo de 3% no cereal.

O trabalho vai começar por Mato Grosso, a maior ”fazenda de grãos” do Brasil. Serão percorridos 14 estados, do Rio Grande do Sul ao Maranhão, numa série de viagens que abrange todas as regiões de cultivo do país.

 

Os técnicos e jornalistas vão conferir in loco as consequências da falta de chuva registrada em dezembro em estados como Paraná, Mato Grosso do Sul e Goiás. O projeto vai avaliar o impacto do clima nas projeções nacionais, considerando o poder de recuperação das plantas.

 

E a sondagem da safra 2013/14 não vai parar por aí. Será monitorada a colheita de grãos em três países vizinhos: Argentina, Paraguai e, pela primeira vez, também o Uruguai. O roteiro extra desta edição (o projeto já visitou China, Índia e União Europeia) será a África.

 

Em relação à safra brasileira, o objetivo é conferir se o potencial de 91,05 milhões de toneladas de soja e 34,84 milhões de toneladas de milho — números projetados em dezembro, no final do plantio – serão alcançados pelos agricultores brasileiros neste verão.

 

O roteiro começa por Mato Grosso porque o estado do Centro-Oeste deu início à colheita brasileira. Hoje as colheitadeiras avançam também no vizinho Mato Grosso do Sul, bem como no Paraná.  Ainda antes do fim da viagem pelo Centro-Oeste, uma segunda equipe vai monitorar, a partir de 27 de janeiro, a colheita paranaense, percorrendo na sequência Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

 

Uruguai

Uma das novidades deste ano é a sondagem no Uruguai, país que tem ampliado suas lavouras de soja nos últimos anos e ganhado competitividade no mercado internacional, ao lado de Brasil, Argentina e Paraguai. Para 2014, estima-se que a colheita do país atinja 3,1 milhões de toneladas da oleaginosa. Desse total, cerca de 3 milhões devem ser produzidas para exportação.

 

Há pouco mais de uma década, os uruguaios não plantava nem 100 mil hectares com soja. Hoje, cultivam mais de 1milhão de hectares. No percurso pelos campos argentinos e paraguaios, os expedicionários também avaliarão os projetos de expansão da agricultura.

 

África

No continente africano, a Expedição vai investigar potencial de produção e demanda por alimentos. Alguns países da África têm recebido altos investimentos estrangeiros para o desenvolvimento do agronegócio. E o Brasil tem sido um dos aliados, transferindo principalmente tecnologia aos campos africanos.

Ao todo, a Expedição Safra Gazeta do Povo já percorreu 10 países nos últimos anos. A quilometragem anual ultrapassa os 60 mil quilômetros.

Gazeta do Povo


Busque no site

Curta nosso Facebook

Siga-nos no Instagram: @aprosojams

Siga-nos no Twitter: @aprosojams

Aprosoja/MS 2016. Todos os direitos reservados